Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2007

[57]

Esperar demais aumenta a probabilidade do sofrimento futuro, ao passo que esperar de menos aumenta efetivamente o sofrimento presente. O efeito da desesperança presente pode ser contrabalanceado com a aceitação e a resignação presentes. O efeito do excesso de esperança também, se o sofrimento futuro vier a se concretizar. A desesperança pode ser diminuída pela ação. E o excesso de esperança pode ser podado pela prudência.

[56]

Esperança é uma luz muito forte que cega a caminhada, a luz da ignorância. Andar confuso e desorientado tem aqueles que se apóiam nela. Sem ela, teríamos a certeza do caminho a tomar. Um só para todos nós, a marcha terminal da humanidade. No entanto, quem já não brincou de cobra-cega e se divertiu com a inexatidão do andar, com o tropeçar sobre o amigo e o desconhecido? Vivemos, então, única e exclusivamente pela diversão da surpresa.